BUSCANDO PARCEIROS

22/01/2016 postado: 22/01/2016

  • Compartilhe:

Jogo entre Confiança e flamengo ainda pode ser realizado em Aracaju.

Jogo entre Confiança e flamengo ainda pode ser realizado em Aracaju.

Presidente Luiz Roberto busca parceria com o poder público pela realização do jogo no Batistão.

Presidente Luiz Roberto busca parceria com o poder público pela realização do jogo no Batistão.

Apesar do que se especula nos meios de comunicação e nas redes sociais, o presidente da Associação Desportiva Confiança, Luiz Roberto Dantas de Santana, continua buscando meios de preservar a partida contra o Flamengo na arena Batistão, através de conversas com pessoas, instituições e entidades que possam auxiliar na questão como parceiros do clube.

Foi o que aconteceu na manhã desta sexta-feira (22), quando, em reunião com o Comandante Geral da Polícia Militar do Estado de Sergipe, Coronel Maurício da Cunha Iunes, o presidente Luiz Roberto conversou sobre o possível auxílio da PM na segurança da partida. Na manhã da próxima segunda-feira (25), o presidente Luiz Roberto irá à Prefeitura Municipal de Aracaju, para também conversar com o secretário Carlos Batalha sobre a questão.

Vale salientar que a proposta inicial de R$3 milhões, da qual tanto se fala através de meios de comunicação e das redes sociais, além de não ter sido formulada pelo empresário Alex Padang - mas sim por outros investidores -, não proporcionaria todo o valor ao clube azulino, pois a proposta contemplava a cota dos dois clubes envolvidos na negociação (Confiança e Flamengo), assim como as despesas com a partida, e com o deslocamento.

“Caso essas parcerias com o poder público sejam concretizadas, a manutenção da partida  aqui em Aracaju, na Arena Batistão, poderá gerar uma renda até mesmo superior à oferta formalizada pelo empresário Alex Padang, dono da Banda Cavaleiros do Forró, e ex-presidente do América-RN. Entretanto, caso isso ocorra e a partida seja realizada aqui, é preciso que o time se esforce muito para ocorra a segunda partida contra o rubro-negro carioca, pois se o Flamengo vencer o jogo por uma diferença de 2 gols ou mais,  leva 60% da renda”, disse o presidente Luiz Roberto.

A diretoria azulina continua buscando um entendimento com o poder público, e o presidente Luiz Roberto avalia que ainda há, sim, a possibilidade da partida ser realizada na Arena Batistão.

“Levando em consideração o andamento das conversas, posso dizer que, hoje, teríamos 50% de chance de a partida ser realizada no Batistão. Todavia, esse jogo ainda nem tem data marcada, portanto, agora o foco maior é a partida contra o Guarani de Porto da Folha, que inicia a trajetória rumo ao tricampeonato estadual”, ponderou o presidente proletário.