PEDRAS NO CAMINHO

28/03/2016 postado: 28/03/2016

  • Compartilhe:

Jogadores que não atuaram contra o Itabaiana e reservas fizeram um treino coletivo.

Jogadores que não atuaram contra o Itabaiana e reservas fizeram um treino coletivo.

Os atletas que iniciaram a partida contra o Itabaiana fizeram trabalhos físicos.

Os atletas que iniciaram a partida contra o Itabaiana fizeram trabalhos físicos.

Reação: depois de duas derrotas no Estadual, elenco proletário treina pesado para voltar a vencer.

Reação: depois de duas derrotas no Estadual, elenco proletário treina pesado para voltar a vencer.

Depois de perder o segundo clássico seguido no Hexagonal, a luz de alerta acendeu no Sabino Ribeiro e os atletas, apesar de chateados pela nova derrota para o Itabaiana, trabalharam pesado nesta segunda-feira (28), já focados no jogo contra o Boca Júnior.

Os jogadores que iniciaram a partida realizaram um trabalho físico regenerativo, enquanto os demais atletas participaram de um treino coletivo, promovido e coordenado pelo técnico Betinho.

Membros da diretoria e da comissão técnica se reuniram hoje com os jogadores para conversar amigavelmente sobre a fase que o clube está atravessando, e reforçar o compromisso de todos pela busca do Tricampeonato.

Ainda que os últimos resultados não tenham agradado a torcedores, diretoria, comissão técnica e até mesmo aos próprios atletas, o Dragão do Bairro Industrial está muito longe de entregar os pontos, ou desistir do maior objetivo do primeiro semestre, que é a conquista do Tri.

Muito pelo contrário. A palavra de ordem no Sabino Ribeiro é “reação”, até mesmo porque o Confiança ainda depende de si mesmo para chegar à final do Campeonato Sergipano, pois os atuais líderes da competição se enfrentarão em confrontos diretos, enquanto o Gigante Proletário ainda terá pela frente outros jogos que lhe possibilitarão somar pontos, e se aproximar da parte de cima da tabela.

Por ora, o mais importante é a torcida proletária entender que o momento é de união, e que o apoio dela é de fundamental importância para a sequência da competição, pois, aqui no Sabino Ribeiro, todos ainda acreditam que a conquista do Tri é possível, pois juntos somos mais fortes, mas unidos, seremos invencíveis.