LUTA

20/08/2016 postado: 20/08/2016

  • Compartilhe:

Na sexta-feira (19), o elenco proletário treinou com portões fechados no Batistão.

Na sexta-feira (19), o elenco proletário treinou com portões fechados no Batistão.

A equipe proletária espera um jogo complicado diante do Remo, na próxima segunda-feira (22).

A equipe proletária espera um jogo complicado diante do Remo, na próxima segunda-feira (22).

Sábado pela manhã, a equipe azulina fez, no Sabino Ribeiro, o último treino antes de viajar para Belém.

Sábado pela manhã, a equipe azulina fez, no Sabino Ribeiro, o último treino antes de viajar para Belém.

Com os portões fechados até às 17 h, a equipe profissional do Confiança realizou um treino secreto na Arena Batistão, na última sexta-feira (19), como parte da preparação para o jogo contra o Remo, que acontece na próxima segunda-feira, às 19:15, no Estádio Estadual Jornalista Edgar Augusto Proença, o Mangueirão.

Inicialmente, o fisiologista e preparador físico do Confiança, Rodolfo Oliveira, juntamente com o preparador Márcio Chagas, coordenou um trabalho de ativação com exercícios de alongamento, aquecimento, agilidade e velocidade.

Em seguida, o técnico Roberto Fernandes comandou um treino específico com os jogadores do ataque, enquanto o auxiliar Leandro Sena trabalhou jogadas de defesa com os zagueiros e volantes. Em seguida, foi realizado um treino tático.

Neste sábado, o último treino antes da viagem para Belém foi realizado no Sabino Ribeiro. O trabalho começou com exercícios de alongamento e ativação com Rodolfo Oliveira e Márcio Chagas. Em seguida, Roberto Fernandes e o auxiliar Leandro Sena realizaram um breve coletivo recreativo para complementar o aquecimento.

Logo depois, o técnico proletário comandou um treino tático, dando ênfase à questão do posicionamento tático. Ao final do trabalho, o treinador aproveitou para aprimorar as jogadas de bola parada, as finalizações e as cobranças de falta.

“Espero um jogo tão difícil quanto o que fizemos contra o Fortaleza, pois o Remo é uma das equipes mais fortes da competição, e uma das favoritas ao título e ao acesso. É uma equipe forte, que conta com alguns jogadores que, pouco tempo atrás, atuavam na Série A, assim como o técnico deles, o Waldemar Lemos, que é um grande profissional. Digo, seguramente, que para sairmos de lá com o resultado de que precisamos, teremos que jogar a partida das nossas vidas”, disse o treinador azulino.