SEMANA DECISIVA

13/09/2016 postado: 13/09/2016

  • Compartilhe:

Os atletas proletários se reapresentaram na manhã desta terça-feira.

Os atletas proletários se reapresentaram na manhã desta terça-feira.

Após treino físico, elenco realizou treino com bola em campo reduzido.

Após treino físico, elenco realizou treino com bola em campo reduzido.

Após surpreender o América-RN na Arena das Dunas, onde venceu por 2 a 0 a partida válida pela décima sétima e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro da Série C, a equipe profissional do Confiança se reapresentou na manhã desta terça-feira (13), no Sabino Ribeiro, e já iniciou a preparação para o último e mais importante jogo do dragão na temporada.

Os atletas fizeram musculação na academia do clube e uma bateria de exercícios funcionais para complementar o treino físico. Logo em seguida, o elenco desceu para o campo principal, onde realizou um treino técnico em campo reduzido e um trabalho de posse de bola.

Graças à providencial vitória fora de casa diante do América - RN, o Confiança depende apenas de si mesmo para permanecer na Série C do Campeonato Brasileiro, uma vez que conseguiu somar 19 pontos e precisa vencer o Salgueiro a todo custo para não depender de outros resultados para se manter na competição para a próxima temporada.

O técnico Roberto Fernandes ressalta que tanto a diretoria do clube quanto os membros da comissão técnica e atletas não vão medir esforços para que o Dragão saia do Batistão, no próximo domingo (18) com a vitória e a certeza de permanecer na Série C em 2017.

“Estamos todos nos doando ao máximo, pois os atletas passam pelo clube, assim como dirigentes e comissão técnica, mas o torcedor fica e é justamente pela torcida que estamos nos sacrificando tanto. Ninguém está medindo esforços, prova disso é o fato de termos saído da Paraíba e termos ido direto para Natal, onde passamos a semana e pudemos treinar com calma e chegar descansados para a partida. Isso foi fundamental para a nossa vitória. A diretoria está de parabéns por ter se esforçado para nos proporcionar esta condição, do contrário, dificilmente teríamos jogado tão bem e vencido a partida”, diz o treinador proletário.