SEGREDO

16/09/2016 postado: 16/09/2016

  • Compartilhe:

No Batistão, Roberto Fernandes comandou o segundo treino fechado da semana.

No Batistão, Roberto Fernandes comandou o segundo treino fechado da semana.

Jogadores estão motivados para o jogo e fazem campanha pelo apoio da torcida.

Jogadores estão motivados para o jogo e fazem campanha pelo apoio da torcida.

Na tarde desta sexta-feira (16), o treinador Roberto Fernandes comandou mais um treino fechado para torcida e imprensa, na Arena Batistão. Já é a segunda vez na semana que o técnico opta por manter a privacidade da atividade para trabalhar o elemento surpresa.

“Para um jogo como esse, importantíssimo e decisivo, eu vou usar de toda e qualquer vantagem técnica e tática - contanto que ética -, e manter segredo sobre algumas coisa pode, sim, fazer a diferença. É uma medida natural e que faz parte do futebol”, explicou o treinador.

Os atletas iniciaram o treino com uma série de trabalhos físicos, coordenados por Rodolfo Oliveira, fisiologista do clube, e pelo preparador físico Márcio Chagas. Em seguida o técnico Roberto Fernandes e o auxiliar Leandro Sena comandaram um treino tático, além de trabalhos de finalização, jogadas de bola parada e cobranças de escanteios.

Após o treino, o zagueiro Eron concedeu entrevista à imprensa e ressaltou a importância da torcida comparecer em peso ao Batistão, neste domingo.

“Todos nós do elenco nos cobramos muito, como atletas e como homens. Sabemos que começamos mal a competição e isso acabou comprometendo o restante do campeonato, mas fizemos uma boa campanha na segunda fase, nos esforçamos, nos dedicamos e nos entregamos ao máximo, mas agora tem muita coisa em jogo e nós precisamos mais do que nunca do apoio do nosso torcedor, que é o nosso combustível, a nossa força maior”, disse o zagueiro.

Neste sábado o treino que seria fechado e aconteceria no Batistão foi transferido para o Sabino Ribeiro e será aberto para os torcedores, que também poderão adquirir e comprar ingressos no departamento do Sócio-Torcedor Coração Proletário.