OBRIGADO PROFESSOR

18/09/2016 postado: 18/09/2016

  • Compartilhe:

Com Roberto Fernandes, Confiança fez campanha de G4 no segundo turno.

Com Roberto Fernandes, Confiança fez campanha de G4 no segundo turno.

Time não perdeu nenhum jogo em casa com Roberto Fernandes no comando da equipe.

Time não perdeu nenhum jogo em casa com Roberto Fernandes no comando da equipe.

Apesar da má campanha na primeira fase, torcida fechou junto com o time no returno.

Apesar da má campanha na primeira fase, torcida fechou junto com o time no returno.

A torcida do Dragão pode até criticar o estilo linha dura do atual técnico azulino, mas a grande verdade é que todos os proletários têm muito a agradecer ao treinador. Desde que Roberto Fernandes assumiu o comando do Confiança, foram disputadas 9 partidas na Série C do Campeonato Brasileiro. Uma contra o Salgueiro pela última rodada do primeiro turno, e os oito jogos disputados pelo segundo turno até agora.

Até a décima sétima rodada, o Confiança somou 13 pontos, com 3 vitórias, 4 empates e 2 derrotas. Além de não ter perdido em casa sob o comando de Roberto Fernandes, o Confiança fez uma campanha de returno idêntica à do Fortaleza - líder da competição -, e hoje estaria ocupando o terceiro lugar na tabela, se o mau desempenho do time na primeira fase for desconsiderado.

“É óbvio que isso é hipotético, pois o que vale é a somatória dos dois turnos, mas esses dados mostram o quanto a equipe progrediu, o quanto esses atletas se doaram, o quanto correram e o quanto se entregaram para contornar a situação. Não quero, com essa declaração, apontar culpados, até porque futebol é um esporte coletivo, depende do trabalho, do esforço e do comprometimento de todos os envolvidos, mas os números não mentem e mostram a como a equipe melhorou após a minha chegada e a do Sena. Isso é fato”, disse Roberto Fernandes.

Vale ressaltar que, no segundo turno, o Confiança apenas fez menos pontos que ABC de Natal e Cuiabá, ficando empatando com o Fortaleza e tendo conquistado mais pontos que as demais equipes da competição.

Muito se critica sobre excesso de contratações, mas todas os reforços que chegaram após a vinda do técnico foram jogadores experientes e com poder de decisão, como Thiago Silvy, Rogerinho, Mimica, Álvaro e Pingo - entre outros -, que se somaram aos demais atletas e juntos conseguiram reverter o quadro.

Durante todo o período em que Roberto Fernandes comandou o Confiança, o time teve campanha de G4, mesmo sempre lutando contra a constante probabilidade de 98% de rebaixamento.

Também vale lembrar que, até a chegada do treinador ao Sabino Ribeiro, o time era constantemente criticado por não vencer em Aracaju. Após a chegada de Roberto Fernandes, o Confiança não perdeu nenhuma partida em casa: venceu Asa e River e empatou os demais jogos disputados no Batistão.