PENEIRA SUB-15

29/09/2016 postado: 29/09/2016

  • Compartilhe:

O professor Carioca, técnico da equipe Sub-15, comanda a peneira no Sabino Ribeiro.

O professor Carioca, técnico da equipe Sub-15, comanda a peneira no Sabino Ribeiro.

De família proletária, Pedro Felipe foi selecionado em uma peneira e hoje está no time Sub-15.

De família proletária, Pedro Felipe foi selecionado em uma peneira e hoje está no time Sub-15.

O Departamento de Base do Confiança realizou, na tarde desta quarta-feira (28), mais uma peneira com jovens atletas de até 15 anos, para completar a equipe que disputará o Campeonato Estadual Sub.

Segundo o técnico da equipe Sub-15, o professor Jadir Carioca, o intuito é encontrar jovens e talentosos atletas para completar a equipe Sub-15, que já tem uma base formada e precisa apenas de alguns jogadores, em posições específicas.

“Ano passado nossa equipe perdeu nos detalhes, mas fizemos uma ótima campanha. Só fomos derrotados na final e nos pênaltis. Para esse ano já temos uma espinha dorsal, uma equipe titular praticamente formada, com alguns garotos que já vêm trabalhando conosco, outros eu trouxe da escolinha, e têm os que forma selecionados pelas peneiras, que já vêm acontecendo a alguns meses,  mas é sempre bom contar com bons jogadores. As peneiras acontecem quarta e sexta, e creio que faremoa mais umas duas avaliações”, disse o treinador.

Carioca ainda ressalta que muitos desses jovens vêm de outras cidades em busca da oportunidade de jogar no maior clube do estado. “Alguns são de cidades mais distantes, e vêm atrás de um sonho. Muitas vezes, as famílias desses meninos são de pessoas que torcem para o Confiança, e que fazem alguns sacrifícios para trazerem esses meninos aqui. É muito bom poder dar uma oportunidade a quem precisa e merece”, revela Carioca.

Esse é o caso do jovem Pedro Felipe Lisboa, que é de Poço Verde e, após fazer uma peneira no clube, foi levado para a escolinha, pelo professor Carioca, para aperfeiçoar alguns fundamentos e já está treinando como titular do Sub-15. “É um garoto talentosos, bem trabalhado, veio de escolinha, já jogou em Salvador, disputou competições. É um bom atleta e pode nos ajudar bastante nesse campeonato”.

Para Pedro, jogar no Confiança é uma grande realização, pois ele vem de uma família de torcedores proletários. “O professor Carioca viu qualidade em mim e me deu essa oportunidade, que é uma vitória de Deus. Estou muito contente por jogar no time pelo qual a minha família torce, isso é muito gratificante. Já participei de avaliações no Vitória, no América Mineiro e já disputei a Copa 2 de Julho pelo Galícia, de Salvador. Sei que não tenho tanta experiência, mas já cheguei a jogar contra o Flamengo e contra o Bahia. Espero poder ajudar o Confiança nesse campeonato e permanecer no clube”, disse o jogador.