PENEIRANDO

08/10/2016 postado: 08/10/2016

  • Compartilhe:

Peneiras para a categoria Sub-15 do Confiança continuam no Sabino Ribeiro.

Peneiras para a categoria Sub-15 do Confiança continuam no Sabino Ribeiro.

Para Carioca, realizar o sonho da garotada é uma grande satisfação pessoal.

Para Carioca, realizar o sonho da garotada é uma grande satisfação pessoal.

Faltando cerca de um mês para o início da competição, o Confiança continua realizando peneiras, na tentativa de encontrar atletas para ocupar as poucas vagas remanescentes no elenco Sub-15, em algumas posições que ainda não foram ocupadas.

Na última sexta-feira, o técnico do Sub-15, Jadir Carioca, comandou mais um processo de descoberta e seleção de jovens talentos - as chamadas peneiras -, no Sabino Ribeiro. Segundo o treinador, a equipe principal do Sub-15 já está formada, no entanto, é preciso complementar com alguns jogadores para compor o elenco.

“Estamos realizando as peneiras todas as quartas e sextas-feiras, pois ainda precisamos de um atacante, um meia e um zagueiro. Como ainda falta cerca de um mês para o início da competição, pretendo fazer mais duas peneiras na próxima semana. O importante é que eu já tenho uma equipe principal formada e que já vem treinando, mas precisamos de bons atletas para compor o elenco, assim como de boas peças de reposição”, disse Carioca.

O técnico Carioca ainda ressaltou que, para ele, apesar de desgastante e cansativo, devido ao grande número de meninos que costumam participar das peneiras, fazer esse trabalho é gratificante.

“Nesta quarta-feira faremos mais uma seleção e na próxima sexta-feira também faremos mais uma peneira. Qualquer jovem entre 15 e 17 anos pode participar, mesmo que seja jogador de outra posição, será avaliado. Se o menino tiver condição, for talentoso eu dou uma oportunidade, pois muitos desses garotos têm dificuldades até para chegar aqui e participar das peneiras, mas é muito gratificante reconhecer e poder ajudar quem merece e precisa, pois o sonho dessa garotada é ser jogador de futebol”, disse Carioca.