Confiança vence o clássico contra o Sergipe

19/02/2017 postado: 19/02/2017

  • Compartilhe:

Milhares de pessoas estiveram no Batistão na tarde deste domingo, 19, para acompanhar o clássico entre Confiança e Sergipe. Mas, nenhuma delas teve tanto motivo para se emocionar quanto o meia Rafael Vila. Ele, que nesta temporada trocou o vermelho do rival pelo azul do Dragão, estava com uma grande expectativa para fazer uma boa partida diante do ex-clube. 

Para completar, entrou em campo com a braçadeira de capitão, com a missão de levar o Gigante Proletário rumo a vitória. E Villa não decepcionou: começou a jogada que resultou no pênalti convertido por Tito e também fez o segundo gol da vitória do Confiança sobre o Sergipe por 2 a 1. O duelo, válido pela 7ª rodada do Campeonato Sergipano, colocou o Dragão na liderança do primeiro turno com 14 pontos, mesma pontuação do Itabaiana. Uma tarde realmente para ser lembrada pelo meio-campista. 

O jogo

O duelo começou nervoso, com muitas faltas e poucas chances de gol. O Confiança teve dificuldades para chegar ao ataque nos primeiros minutos de jogo, errando alguns passes ou não conseguindo passar pela forte marcação do rival. 

Foi aí que a estrela de Villa brilhou a primeira vez. Ele arrancou em jogada individual para dentro da área do Sergipe. Quando ia tentar o arremate, foi travado pelo marcador adversário. A bola sobrou para Tito que, na dividida com o zagueiro do Sergipe, acabou sendo derrubado – pênalti marcado pela arbitragem. O próprio Tito cobrou e marcou o seu quinto gol no torneio, artilheiro do Sergipão. 

Apesar do gol, o Confiança não conseguiu desenvolver o seu futebol e continuou tento dificuldades para chegar no gol adversário. Poucas chances foram criadas no primeiro tempo. Após o intervalo, a forte marcação continuo representando uma dificuldade para o plantel azulino. Mas aí, Rafael Villa apareceu mais uma vez. 

Em jogada pela esquerda, o meia saiu fazendo fila, driblou três marcadores, invadiu a área e bateu com o bico do pé. O chute rasteiro entrou no canto esquerdo da meta do Sergipe e morreu no fundo das redes – 2 a 0 para o Confiança. 

Os ânimos dentro de campo esquentaram cada vez mais ao longo da segunda etapa, resultado na expulsão de Flávio, pelo Confiança, e Rafael Tanque, pelo Sergipe. Mas, nem o gol de Felipe nos últimos minutos de jogo estragou a festa azulina no Batistão: 2 a 1 para o Dragão, placar final de jogo. 

A la Romário

Nome do jogo, Rafael Villa comemorou a vitória. O meia se mostrou satisfeito com a partida que fez e destacou o lindo gol marcado. “Foi um dos gols mais bonitos que fiz. Saí driblando e não tinha o que fazer: chutei de bico mesmo e acabou dando certo”, comentou. 

Mas Villa lembrou outro artilheiro que também costumava chutar com a ponta do pé para balançar as redes algumas vezes. “Romário foi campeão muitas vezes fazendo gol de bico. Fui feliz por ter conseguido. O importante é a vitória e os três pontos”, garantiu Rafael. 

O próximo compromisso do Confiança no Sergipão é na quinta-feira, 23. O Dragão vai até a cidade de Frei Paulo, para jogar contra o Frei Paulistano, às 15h30, no Estádio Municipal da cidade.