MARATONA MARABÁ

21/08/2015 postado: 21/08/2015

  • Compartilhe:

Atletas fizeram trabalho físico e técnico com os preparadores Carlinhos e Lessa.

Atletas fizeram trabalho físico e técnico com os preparadores Carlinhos e Lessa.

Para Betinho, os jogadores devem ter atenção redobrada ,as jogadas aéreas e bolas paradas.

Para Betinho, os jogadores devem ter atenção redobrada ,as jogadas aéreas e bolas paradas.

Na manhã desta sexta-feira (21), o elenco do Confiança realizou um treino físico com os preparadores Carlinhos e Lessa. Os jogadores se revezaram com os dois preparadores. Enquanto uns fizeram musculação na academia do clube, com Lessa, os demais realizaram atividade física e técnica com Carlinhos. Depois, os grupos se alternaram, complementando o treinamento.

Logo após o treino, os atletas almoçaram no refeitório do Sabino Ribeiro, e em seguida partiram para o Aeroporto Santa Maria, em Aracaju, para embarcar rumo a Marabá, uma viagem que será uma verdadeira maratona, visto que o voo que sai de Aracaju para Marabá, fará escala em Salvador e Brasília antes de chegar ao destino final. Os atletas embarcaram às 13h45min, na capital sergipana, e só chegam à Marabá por voltas de 1h. Uma verdadeira maratona.

“Sim, é uma viagem cansativa, mas faz parte do trabalho. Estamos acostumados. O pior mesmo será a baixa humidade do ar e o clima extremamente seco daquela região, o que aumenta o desgaste e a fadiga dos atletas durante o jogo, visto que eles vão desidratar mais rapidamente”, ressaltou o auxiliar técnico Alan Dotti.

Para o técnico Betinho, outro ponto que merece a preocupação do time são as dimensões do campo do Águia, que são menores que as do Batistão e do Sabino Ribeiro; a proximidade entre o campo e a arquibancada, e as bolas aéreas.

“O Águia, até agora, não conseguiu nenhuma vitória. Espero que não seja agora que eles vençam, mas, obviamente, este é o objetivo deles. Certamente, empurrados pela torcida, eles vão buscar jogo, e nós temos que manter o foco, e tomar muito cuidado com as jogadas aéreas e as bolas paradas, para não sermos surpreendidos, e sim surpreender”, declarou Betinho.