DE VOLTA AO JOGO

15/12/2015 postado: 15/12/2015

  • Compartilhe:

Na primeira parte do treino físico, atletas fizeram exercícios de força e resistência.

Na primeira parte do treino físico, atletas fizeram exercícios de força e resistência.

Na segunda parte da atividade, jogadores fizeram treino físico-técnico no campo principal.

Na segunda parte da atividade, jogadores fizeram treino físico-técnico no campo principal.

Equipe da Clínica do Coração realizou exames nos atletas do Gigante Proletário.

Equipe da Clínica do Coração realizou exames nos atletas do Gigante Proletário.

De volta das férias, e com a pré-temporada para 2016 oficialmente iniciada, os jogadores do Confiança estão suando a camisa para voltarem à condição física ideal para a disputa do Campeonato Sergipano.

Pela parte da manhã, os atletas realizaram um teste ergométrico, para avaliar detalhadamente a real condição física de cada um dos atletas do elenco. Os resultados desses testes serão analisados pelo médico do Confiança, Dr. Aderval Aragão, para, em seguida, a comissão técnica estabelecer qual a necessidade de treino específica para cada atleta.

Na parte da tarde, o elenco foi submetido a exercícios físicos para trabalhar a força e a resistência dos atletas, no campo society do clube, o Sabininho. Em seguida, o preparador físico Carlinhos Silva realizou um treino físico-técnico no campo principal do Sabino Ribeiro.

“É preciso aguardar a avaliação desses exames realizados hoje, pelo Dr. Aderval. Com esses exames em mãos, poderemos avaliar a condição de cada atleta, e respeitando o princípio da individualidade fisiológica, estabeleceremos um programa de recuperação física específico para cada atleta, levando em consideração a necessidade particular de cada um”, ressaltou Carlinhos Silva.

Sobre o treino físico-técnico no campo principal, o professor Betinho foi categórico. “Eles estão parados há quase dois meses. Estão sem ritmo. Uns ganharam alguns quilinhos. Outros perderam massa muscular. De qualquer forma, eles precisam entrar em forma, e como jogador de futebol gosta é de jogar bola, nós os colocamos para correr atrás da bola. O importante é suar e se exercitar, nesse primeiro momento”, avaliou o treinador.